Portugal PRT  

rss

  • rss
Comunicados de Imprensa - Amway
AGER16: EUROPEUS ACREDITAM QUE TRABALHAR POR CONTA PRÓPRIA É MAIS RELEVANTE PARA O FUTURO DO EMPREGO

2016.11.22 - 

Lisboa – A sétima edição do Estudo Global de Empreendedorismo da Amway (AGER) voltou a “sentir o pulso” relativamente ao empreendedorismo e, este ano, mostra que os inquiridos na União Europeia acreditam que o trabalho por conta própria será o mais comum num prazo de cinco anos. Os entrevistados estão também confiantes no que diz respeito a uma competência-chave para o desenvolvimento do empreendedorismo: procurar e angariar clientes.

O futuro do ambiente de trabalho está na ordem do dia dos agentes e decisores europeus de áreas como política, indústria, sociedade e ciência. Uma grande questão a que falta responder é: como é que as empresas se adaptam às necessidades dos colaboradores do futuro? E qual será o papel do trabalho empreendedor no futuro?

Os cidadãos europeus parecem ter uma opinião bastante clara: 35% dos inquiridos deste AGER veem o emprego por conta própria mais comum dentro de cinco anos. Mas… será que os europeus se sentem preparados para um futuro empreendedor? Para responder a esta questão, o AGER identificou uma competência-chave para as pessoas que decidirem tornar-se empreendedoras: procurar e angariar clientes. 50% dos inquiridos sentiram-se confortáveis com esta tarefa, enquanto apenas 40% não se sentiriam bem com isso.

O empreendedorismo desempenha um papel fundamental, uma vez que define o futuro das economias europeias” afirma Michael Meissner, Diretor de Assuntos Corporativos da Amway Europa. “Com o AGER, estamos a explorar as aspirações e as expectativas das pessoas relativamente ao seu ambiente de trabalho, para desenhar um ecossistema mais favorável àqueles que pretendem trabalhar de forma independente lançando os seus próprios negócios. É por este motivo que a investigação contínua é tão importante.

 

INDÍCE DE ESPÍRITO EMPREENDEDOR AMWAY: GÉNERO E IDADE COM O MAIOR IMPACTO

O AGER apresenta mais uma vez o Índice do Espírito Empreendedor Amway (AESI). Introduzido em 2015, o AESI baseia-se na “Teoria do Comportamento Planeado” de Icek Azien, e mede três variáveis que influenciam a intenção de uma pessoa iniciar um negócio: desejo, viabilidade e estabilidade face à pressão social. A média dos países da União Europeia ficou-se por 45 de 100 pontos, mantendo-se num nível inferior face à média global (50 pontos). As respostas ao AESI são calculadas em média, sendo as três variáveis ponderadas de igual forma e sendo mencionadas sem percentagem.

Em média, 47% dos europeus expressaram o desejo de se tornarem empreendedores, enquanto 40% se sentem preparados para esse desafio. 48% dos inquiridos não permitiriam que as suas relações sociais os dissuadissem dos seus planos.

Outro sinal de esperança para o futuro do empreendedorismo europeu vem dos Millennials, os entrevistados com idade inferior a 35 anos. Este grupo está mais inclinado para iniciar um negócio, apresentando uma pontuação no AESI mais elevada – 52 pontos – comparativamente aos inquiridos com mais de 50 anos (38 pontos). Os Millennials mostraram ainda um desejo muito mais forte de se tornarem trabalhadores por conta própria (61%) do que qualquer outro grupo etário. No entanto, os inquiridos com idade compreendida entre os 35 e os 49 anos são os que se mostram mais confiantes em ter os recursos e competências necessários para esta etapa (46%).

O AGER revela ainda que a igualdade de género na União Europeia continua a ser um tema relevante, com o género masculino a apresentar maior pontuação no AESI (50 pontos) do que o feminino (41 pontos). Esta diferença destaca-se especialmente no desejo de começar um negócio – mulheres 43%; homens 52% – e na confiança nas próprias capacidades – mulheres 34%; homens 47%.

Isabell M. Welpe, parceira da Amway e Presidente de Estratégia e Organização da Universidade Técnica de Munique (TUM), sublinha “O Estudo Global de Empreendedorismo Amway 2016 mostra que ainda temos um longo caminho a percorrer no que diz respeito à igualdade de género no empreendedorismo. Temos que garantir que, independentemente do género e idade, todas as pessoas interessadas têm acesso aos recursos necessários para pôr a render o seu potencial empreendedor, que efetivamente existe na União Europeia”.

 

EUROPEUS SÃO POSITIVOS RELATIVAMENTE AO EMPREENDEDORMISMO E LUTAM POR AUTORREALIZAÇÃO E INDEPENDÊNCIA

Confirmando os resultados dos inquéritos anteriores, 74% dos inquiridos na União Europeia mostraram uma atitude positiva face ao empreendedorismo, sendo os homens ligeiramente mais positivos (76%) que as mulheres (73%). O grupo mais positivo é, uma vez mais, o que representa uma idade inferior a 35 anos (81%).
Questionados acerca dos dois fatores mais determinantes para a criação de um negócio, os europeus mostraram-se certos de que são “a autonomia face a um empregador/ ser o próprio patrão” (49%) e a “autorrealização e possibilidade de concretizar as próprias ideias” (44%).
“Perspetiva de segunda fonte de rendimento” mantém-se em terceiro lugar (37%). Entre todos os grupos, os millennials são os que apresentam a maior convicção na “independência”, com 55%. Estas motivações para a criação do próprio emprego mantêm-se idênticas às apresentadas em inquéritos anteriores.

 

 

SOBRE O RELATÓRIO GLOBAL DE EMPREENDEDORISMO DA AMWAY (AGER)

A primeira interação do AGER aconteceu em 2010 como o Relatório Europeu de Empreendedorismo da Amway, foi expandido para o mundo em 2013, abrangendo 24 países. Este ano o relatório expandiu-se a 45 países, com entrevistas pessoais e telefónicas conduzidas por mais de 50.000 homens e mulheres, com idades entre os 14 e os 99 anos. O AGER 2016 foi conduzido pela Amway, com o apoio da Professora Drª. Isabell M. Welpe, presidente de Estratégia e Organização na Universidade Técnica de Munique, Alemanha. O trabalho de campo foi completado pela Gesellschaft fuer Konsumforschung (GFK) da Nuremberga, desde Abril a Junho. Os resultados são partilhados com a comunidade científica, incluindo os 45 orientadores académicos AGER e todos os interessados como instituições académica e públicas e think tanks.

 

SOBRE A AMWAY™
A Amway é uma das principais empresas de bens de consumo familiar em todo o mundo, que vende mais de 400 produtos de alta qualidade nas categorias de beleza, bem-estar e home care através de distribuidores independentes para o consumidor final. A empresa foi fundada em 1959 em Ada, Estados Unidos e opera em mais de 100 países e territórios gerando receitas na ordem de 9,5 mil milhões de dólares em 2015. Os produtos mais vendidos da Amway são as vitaminas minerais e suplementos alimentares NUTRILITE™, cuidados da pele e cosméticos de cor ARTISTRY™ e sistemas de tratamento de água eSpring™.

Deixe um comentário

The e-mail address will not be published
* Mandatory field

© 2011 Amway Europe. All rights reserved. | www.amway-europe.com |
Connexia